2 Receitas de pastel de vento + dicas para massa crocante

Pode até parecer algo sem sentido, mas aprender como fazer receitas de pastel de vento frito, é uma alternativa para não desperdiçar nada da massa que sobra.

Além disso, é possível criar aperitivos maravilhosos, onde você faz pastéis menores, ou quem sabe até mesmo pensar em comercializar como produto. Sendo assim, acompanhe as dicas excelentes que escolhi para auxiliar você. Vamos lá!

2 receitas de pastel de vento + dicas úteis para massa crocante

Sabe quando você está em casa e prepara um pastel frito na hora para acompanhar uma noite com os amigos, mas acaba o recheio e sobra massa? Então, daí surgiu o pastel de vento, frito sem recheio, apenas o crocante da massa.

Para quem trabalha com isso, ou seja, tem uma barraca de pastel ou um ponto comercial fixo, essa estratégia evita até mesmo prejuízos financeiros.

Só que nesse caso, o ideal mesmo é planejar como fritar pastel de vento antes que a massa sobre, pois não é nada legal vender o chamado “resto” de massa frita, concorda? Por isso, mostrarei algumas receitas para fazer de forma fresca e deliciosa!

1. Tradicional receita de pastel de vento

Anote os ingredientes de uma receita que vai surpreender você por conta da facilidade e resultado:

  • 350g de farinha de trigo
  • 200ml de água
  • 1 colher (chá) de sal
  • 500ml de óleo para fritura

Modo de preparo

  1. Em uma tigela, dissolva o sal na água.
  2. Acrescente metade da farinha de trigo e misture com uma colher.
  3. Assim que a massa tomar forma, vá polvilhando o restante da farinha e mexendo sempre.
  4. Continue “sovando” até que a massa não esteja mais grudenta.
  5. O ponto ideal é quando fica lisa e maleável, então, cubra com plástico e reserve por 20 minutos.
  6. Polvilhe farinha na bancada, estimule a massa uma vez mais e corte-a ao meio.
  7. Com ajuda de um rolo, abra metade da massa.
  8. Em seguida, faça os cortes como preferir, ou seja, em tiras, no formato de pastel ou redondo com um copo, repita até acabar.
  9. Esquente bem o óleo e vá colocando os pastéis.
  10. Por fim, frite até dourar e sirva.

Para mais detalhes acompanhe o vídeo da receita:

DICA EXTRA: o segredo é deixar bem frito, para isso utilize uma escumadeira e vá jogando óleo quente sobre a massa, como se fosse um pastel tradicional de pastelaria!

2. Receita de pastel de vento crocante e sequinho

A massa desse pastel de vento lembra muito aqueles pastéis que comíamos quando criança na feira, se recorda quando você mordia e o pastel era muito crocante, sequinho e impossível de comer só um?

Isso acontecia porque a receita certamente levava um ingrediente improvável, mas que dá um resultado magnífico, que é a cachaça, veja os ingredientes:

  • 500g de farinha de trigo
  • 200ml de água morna
  • 100ml de óleo
  • 2 colheres (sopa) de cachaça da sua preferência
  • Sal a gosto

O preparo não poderia ser mais simples, bastando misturar farinha peneirada, óleo, cachaça e o sal em uma tigela.

Em seguida, comece a misturar com uma mão e vá adicionando água morna aos poucos, até dar o ponto de sova, ficar liso e não grudar mais. Mais uma vez, corte no formato desejado, esquente o óleo e frite até dourar.

O que fazer para o pastel ficar crocante?

Costumo dizer que existem duas coisas que influenciam no crocante do pastel:

Sendo assim, ao seguir estas duas regrinhas é “fava contada” que a receita ficará crocante. No entanto, existe um segredo culinário que os pasteleiros experientes não contam para ninguém, que é usar cachaça.

Dessa forma, adicionar cachaça ao preparo do pastel de vento faz com que a massa deixe de absorver grande parte da gordura no processo de fritura. Como resultado, a massa fica menos encharcada e mais “quebradiça” do jeito que adoramos!

Você sabia que o pastel de vento não é o mesmo em todos os lugares?

O preparo do pastel de vento costuma dividir opiniões. Algumas pessoas dizem que a receita não leva nenhum recheio, daí o nome “vento”.

Por outro lado, há quem diga que o termo “vento” se refere a um pastel leve, pequeno e que não satisfaz, por mais que você coma. Independentemente da definição ao pé da letra, é possível dar uma melhorada nessa receita.

O que quero dizer é que algumas pessoas, especialmente as que vendem pastel de vento, também incluem no cardápio algumas opções com apenas um ingrediente no recheio, onde fazem pequenas unidades recheadas com:

  • Queijo
  • Presunto
  • Tomate seco
  • Peito de peru
  • Cheddar

Essa dica vai turbinar suas receitas

Em praticamente todo cardápio, desde pastelarias grandes como pequenos carrinhos de pastéis, você encontra o famoso pastel de vento. Dessa forma, caso você trabalhe ou pense em começar, pode ser um ótimo produto para levantar as vendas.

Além disso, aqui vai uma dica de ouro que é o pulo do gato para fidelizar clientes diariamente, que é oferecer os pasteizinhos de vento como brinde ou forma de reconhecimento da importância do cliente fiel ao seu negócio.

Por sua vez, faça unidades pequenas, embale em saquinhos personalizados, adicione um queijinho aqui, um presunto ali e ofereça sempre que o mesmo cliente realizar uma nova compra.

“Ah, mas isso não agrega valor nenhum ao cliente, pois ainda estamos falando de massa de pastel sem recheio”. Pelo contrário, a percepção de valor do cliente não está no paladar, mas sim em como se sente valorizado e reconhecido pelo negócio.

Achou interessante essa estratégia comercial? Quer aprender mais coisas bacanas para colocar em prática em seu negócio? Então, conheça o Curso de Pastel Profissional, pois traz dicas e sugestões do verdadeiro profissional, aproveite!

Espero muito que tenha gostado das minhas dicas, não deixe de compartilhar e até a próxima!